terça-feira, 20 de novembro de 2012

Quadrilha (Carlos Drummond); Quadrilha da sujeira, Ricardo Azevedo

Observe os textos abaixo:
Quadrilha
João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, Joaquim suicidou-se e Lili casou-se com J. Pinto Fernandes que não tinha entrado na história.
(Carlos Drummond de Andrade)

Quadrilha da sujeira
João joga um palitinho de sorvete na
rua de Teresa que joga uma latinha de
refrigerante na rua de Raimundo que
joga um saquinho plástico na rua de
Joaquim que joga uma garrafinha
velha na rua de Lili.
Lili joga um pedacinho de isopor na
rua de João que joga uma embalagenzinha
de não sei o quê na rua de Teresa que
joga um lencinho de papel na rua de
Raimundo que joga uma tampinha de
refrigerante na rua de Joaquim que joga
um papelzinho de bala na rua de J.Pinto
Fernandes que ainda nem tinha
entrado na história.
                                                 Ricardo Azevedo
1ª – Os textos acima apesar de retratarem assuntos diferentes, possuem uma relação intertextual, ou seja, um diálogo.
a) Do que fala o primeiro texto?

b) Podemos dizer que o segundo texto é uma crítica a um comportamento não adequado. Que comportamento é esse?

c) Em que aspecto esses textos se parecem?

d) Qual a mensagem do segundo texto?

2ª – Diga se ocorre um caso de comparação ou metáfora:
a) Hoje eu sou o sol para você: ______________________________
b) A amizade é como uma planta, que precisa de cuidados todos os dias: ____________________________

3ª – A fala das pessoas é carregada de sotaques, os quais são determinados pela região em que mora cada falante. Você acredita que devemos escrever como falamos ou a escrita exige mais rigor gramatical?

4ª – Explique por que a palavra “ninguém” é acentuada na última sílaba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário