terça-feira, 20 de novembro de 2012

Dalton Trevisan "Apelo"

Leia o texto seguinte, de Dalton Trevisan
Apelo
Amanhã faz um mês que a Senhora está longe de casa.
Primeiros dias, para dizer a verdade, não senti falta, bom chegar tarde, esquecido na conversa de esquina. Não foi ausência por uma semana: o batom ainda no lenço, o prato na mesa por engano, a imagem de relance no espelho.
Com os dias, Senhora, o leite primeira vez coalhou. A notícia de sua perda veio aos poucos: a pilha de jornais ali no chão, ninguém os guardou debaixo da escada. Toda casa era um corredor deserto, e até o canário ficou mudo. Para não dar parte de fraco, ah, Senhora, fui beber com os amigos. Uma hora da noite eles se iam e eu ficava só, sem o perdão de sua presença a todas as aflições do dia, como a última luz na varanda.
E comecei a sentir falta das pequenas brigas por causa do tempero na salada – o meu jeito de querer bem. Acaso é saudade, Senhora?  Às suas violetas na janela, não lhes poupei água e elas murcham. Não tenho botão na camisa, calço a meia furada. Que fim levou o saca-rolhas? Nenhum de nós sabe, sem a Senhora, conversar com os outros: bocas raivosas mastigando. Venha para casa, Senhora, por favor.

1ª – O texto “Apelo” de Dalton Trevisan é uma carta de um homem dirigida à sua esposa. Qual a relação do trecho “Venha para casa, Senhora, por favor” com o título “Apelo”?

2ª – Notamos que o esposo, após sua mulher ter saído de casa, revela dois momentos em relação à falta que ela faz. Esses momentos são:
(  ) Assim que ela foi embora ele ficou muito triste, mas com o passar do tempo, ele acabou gostando de morar só.
(  ) Em todos os momentos sentiu-se triste.
(  ) Ficou muito feliz e não sentiu saudades dela.
(  ) No primeiro momento gostou da liberdade, de não ter hora marcada para chegar em casa (sentiu-se à vontade), mas depois passou a ter saudades dela.

3ª – Vocativo é o termo da oração por meio do qual chamamos ou interpelamos nosso interlocutor. Tendo como base essa informação, indique, no texto, expressões que exercem a função de vocativo.

4ª – Observe a oração “... sentir falta das pequenas brigas...”, a expressão grifada pode ser considerada um objeto direto? Por quê?

5ª – Marque a opção em que o termo destacado é um objeto indireto:
(  ) “Toda casa era um corredor deserto
(  ) “Não tenho botão na camisa
(  ) “conversar com os outros
(  ) “Que fim levou o saca-rolhas?”

6ª – Indique quais os sentidos (ou circunstâncias) que expressão os adjuntos adverbiais destacados:
a)      Amanhã faz um mês que a Senhora está longe de casa”
b)      “... ninguém os guardou debaixo da escada
c)      “fui beber com os amigos
d)     “A notícia da perda veio aos poucos
e)      “E comecei a sentir falta das pequenas brigas por causa do tempero na salada.”

2 comentários:

  1. Esse texto é muito marcante, toda vez que o interpreto, tenho arrepios. Incrível!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Em Que Consiste o conflite nesse canto?

    Que aspectos da casa reforçam a ideia de solução ?

    ResponderExcluir